Chat Line: entre real e virtual

O escopo da internet é a comunicação. Isto faz com que recebamos constantemente, pela web, uma grande quantidade de informações da exatidão das quais não podemos estar certos. Devemos, portanto, nos perguntar se nos é comunicada a realidade ou a opinião de alguém a quem é atribuída atenção apenas porque esta presente nos primeiros lugares nas ferramentas de pesquisa. Somente o fato de digitar a própria password dá a origem a uma série de problemas no momento em que os sujeitos começaram a usar a internet não como um instrumento tecnológico, mas como uma tentação tecnológica. Grande parte da literatura sobre o argumento sustenta que o chat é uma forma de expressão e de comunicação, um lugar virtual no qual se pode ser quem quiser e dizer tantas mentiras ou tantas verdades. Mas quem está comunicando, quem está por trás daquela imagem falsa que dá de si mesmo? O que dá gratificação da dependência da internet? Devemos não depender somente desse meio. Devemos usar a nosso favor, e não nos deixarmos ser usados e dominados pela internet .

Trecho extraído da Revista Nova Ontopsicologia "Jovens: Sexo, amor e sociedade". Capitulo:Chat Line: Entre o real e o virtual.

Para comprar a revista, acesse aqui.